Crimes praticados por adolescentes aquecem discussão sobre maioridade penal
Crimes praticados por adolescentes aquecem discussão sobre maioridade penal
Arquivo, Noticias Arquivo | novembro 7, 2014 em 12:11 AM
A- A+
Adolescentes infratores praticam crimes no Centro do Rio (Foto: Reprodução/TV Globo)

Adolescentes infratores praticam crimes no Centro do Rio (Foto: Reprodução/TV Globo)

Esta semana, o Brasil assistiu com perplexidade a mais estarrecedores e lamentáveis registros de ataques de adolescentes a transeuntes no centro do Rio de Janeiro. Organizados em grupos de até 15 menores, eles agem à luz do dia, fazendo arrastões nos pontos de ônibus, nas ruas, sem nenhum vestígio de culpa ou medo. O alto grau de violência e o fato de uma criança aparentando ter no máximo 5 anos de idade fazer parte de um dos grupos surpreendeu ainda mais.Em um dos ataques, uma vítima foi abordada por um bandido que portava um facão (foto). Por muito pouco a jovem, que reagiu ao assalto e fugiu ilesa, não entrou para a estatística de crimes de latrocínio (roubo seguido de morte).

“Nestas ocasiões eu sempre penso o quanto é necessária a discussão sobre a maioridade penal. O assunto é urgente,  relevante e será uma de minhas bandeiras em Brasília”, destaca Luiz Carlos Ramos.

O parlamentar quer levar a discussão ao Plenário da Câmara e pretende contar com a participação de legisladores, juristas, autoridades competentes e os brasileiros em geral.

“Com um trabalho preventivo é possível reduzir os índices de criminalidade juvenil e a reincidência nas unidades prisionais. A ideia não é aumentar o rigor aos jovens infratores com a maioridade penal e abandoná-los. Mas, que os adolescentes, que já estão privados de sua liberdade estejam em instituições preparadas para a sua reeducação”, comenta.

Luiz Carlos Ramos acredita que a maioridade penal aliada a medidas socioeducativas serão importantes para que jovens e adolescentes repensem suas atitudes. “Com mais rigor na lei pensariam duas vezes antes de cometerem crimes. Não aguentamos mais tanta violência e ao mesmo tempo tenho certeza de que estes jovens precisam de ajuda. A banalização de uma vida não pode ser normal”, destacou.

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Artigos que você também pode gostar...
Gostou deste artigo? Curta nossa Fanpage no Facebook!

Nenhum Comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.luizcarlosramos.com.br Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados. CNPJ: 12.947.093/0001-45

Contact Us

Que tipo de mensagem gostaria de enviar?

 Reclamação Sugestão Elogio Dúvida

















Buscar