“E você? O que pensa sobre discriminação racial?”
“E você? O que pensa sobre discriminação racial?”
Arquivo, Noticias Arquivo | novembro 19, 2014 em 10:49 PM
A- A+

lcrComo político, eu convivo diariamente com pessoas diferentes. Raças, religiões, preferências políticas… Aprendi que o bonito é justamente esta diversidade. Neste dia 20 de novembro – Dia Nacional da Consciência Negra, dia da morte de Zumbi dos Palmares, figura histórica, que é um símbolo de resistência contra um terrível tipo de preconceito, gostaria de fazer com vocês algumas reflexões.

O líder do Quilombo dos Palmares, situado entre os estados de Alagoas e Pernambuco, na região Nordeste do Brasil, é até hoje lembrado por ser símbolo da luta e resistência dos negros escravizados no Brasil, bem como da luta por direitos que seus descendentes reivindicam. Apesar de todos os avanços, creio que há muito a se fazer.

É claro que conquistas foram alcançadas! Com a redemocratização do Brasil e a promulgação da Constituição de 1988, houve abertura para vários segmentos da sociedade, incluo o Movimento Negro, que ganhou força e maior espaço nas discussões. A própria lei de preconceito de raça ou cor (nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989) é um avanço. Mas, a questão vai muito mais além. Na verdade, creio que este dia 20 de novembro, as pessoas têm que refletir sobre como pessoalmente tratam a questão da discriminação racial no Brasil.

Precisamos sair da esfera do discurso. Os cidadãos estão realmente cientes do importante papel dos negros neste País? Têm consciência da dívida histórica que o país tem com eles? Ensinam seus filhos o quão terrível é discriminar? E os negros? Sabem fazer valer os seus direitos? Têm noção de que esta é uma luta contínua e que precisam acreditar que os resultados serão positivos? Que sempre valerá a pena lutar por esta causa?

Não vou me estender porque este assunto vai muito além de discursos, teorias. Sempre acreditei que as pessoas não podem ser avaliadas pela cor. Precisamos respeitar as diferenças. Sou contra qualquer tipo de exclusão e discriminação. Deus criou seres humanos, discriminar alguém pela cor da pele é crime, um imenso retrocesso, além de falta de amor ao próximo.

Sou nordestino e também sofri preconceitos. Como parlamentar, não posso tolerar comportamentos deste tipo. Que venhamos a respeitar as diferenças.

Luiz Carlos Ramos

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Artigos que você também pode gostar...
Gostou deste artigo? Curta nossa Fanpage no Facebook!

Nenhum Comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.luizcarlosramos.com.br Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados. CNPJ: 12.947.093/0001-45

Contact Us

Que tipo de mensagem gostaria de enviar?

 Reclamação Sugestão Elogio Dúvida

















Buscar